NeuroPsicologia

É uma área de atuação da Psicologia que estuda o estabelecimento de relações entre o cérebro ou o funcionamento cerebral e o comportamento humano. O Neuropsicólogo pode realizar uma avaliação neuropsicológica para investigação da atenção, percepção, memória, linguagem, raciocínio (funções cognitivas) e do comportamento, utilizando técnicas de entrevista, uso de instrumentos (testes, baterias e escalas). 

Segundo o Conselho Federal de Psicologia existem 3 campos de atuações que são fundamentais na profissão do Neuropsicólogo:

Através do uso de instrumentos (testes, baterias, escalas) padronizados para avaliação das funções cognitivas, o Neuropsicólogo irá pesquisar o desempenho de habilidades como atenção, percepção, linguagem, raciocínio, abstração, memória, aprendizagem, habilidades acadêmicas, processamento da informação, visuoconstrução, afeto, funções motoras e executivas. Esse diagnóstico tem por objetivo poder coletar os dados clínicos para auxiliar na compreensão da extensão das perdas e explorar os pontos intactos que cada patologia provoca no sistema nervoso central de cada paciente. A partir desta avaliação Neuropsicológica é possível estabelecer tipos de intervenção, de reabilitação particular e específica para indivíduos e/ou grupos de pacientes com disfunções adquiras ou não, genéticas ou não, primariamente neurológicas ou secundariamente a outros distúrbios (Psiquiátricos). A partir desta avaliação Neuropsicológica é possível estabelecer as intervenções necessárias junto aos pacientes, para que possam melhorar, compensar, contornar ou adaptar-se às dificuldades. Irá atuar diretamente nos domínios cognitivos, bem como nas funções executivas do cérebro, que facilitam o funcionamento cerebral principalmente por nos permitir controlar nossos pensamento, emoções e ações, reabilitando a memória de trabalho, atenção sustentada e controle inibitório.  Acarretando em melhoras no desenvolvimento e no processo de aprendizagem. 

Com o diagnóstico em mãos é possível realizar as intervenções necessárias junto aos pacientes, para que possam melhorar, compensar, contornar ou adaptar-se às dificuldades. Essas intervenções podem ser no âmbito do funcionamento cognitivo, ou seja, no trabalho direto com as funções cognitivas (memória, linguagem, atenção, etc.) ou com um trabalho muito mais ecológico, no ambiente de convivência do paciente, junto de seus familiares, para que atuem como co-participantes do processo reabilitatório; junto a equipes multiprofissionais e instituições acadêmicas e profissionais, promovendo a cooperação na inserção ou re-inserção de tais indivíduos na comunidade quando possível, ou ainda, na adaptação individual e familiar quando as mudanças nas capacidades do paciente forem mais permanentes ou de longo prazo.

A pesquisa em Neuropsicologia envolve o estudo de diversas áreas, como o estudo das cognições, das emoções, da personalidade e do comportamento sob o enfoque da relação entre estes aspectos e o funcionamento cerebral. Para tais pesquisas o uso de testes Neuropsicológicos é um recurso utilizado, para assim ter um parâmetro do desempenho do paciente nas determinadas funções que estão sendo pesquisadas. 

Fique por dentro das últimas notícias sobre este método através do nosso blog!

Link disponível no icone ao lado!

Agende já sua avaliação!

Endereço
 

Av. Prefeito João Batista Stocco,1814 | São Gabriel Colombo - Paraná 
Contato@clinicaneurokids.com.br

Fale conosco
 

Tel: (41) 3128-2828

Tel: (41) 3619-7460

Cel: (41) 99984-6783

Dúvidas e  Informações
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone YouTube

Orgulhosamente criado por Neurokids

© 2019 por Neurokids