Buscar
  • Cintia Aleixo

As crianças são as menos afetadas pela Covid-19


Os cientistas ainda não têm uma definição oficial sobre como as crianças são afetadas pela Covid-19, o que pode se verificar é que elas são menos infectadas pelo vírus. Dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China apontam que jovens com menos de 19 anos respondiam por 2% dos 72,3 mil casos de covid-19 identificados ainda nos primórdios da pandemia, em 20 de fevereiro. Nos EUA, um estudo com 508 pacientes não identificou nenhum caso fatal entre crianças, que respondiam por menos de 1% das internações no grupo estudado. Graham Roberts, consultor pediátrico honorário na Universidade de Southampton, explica que "as crianças (com covid-19) são predominantemente afetadas nas vias aéreas superiores (nariz, boca e garganta), então desenvolvem sintomas parecidos aos de resfriados, em vez de o vírus conseguir acessar suas vias aéreas inferiores - ou seja, o pulmão -, causando a pneumonia e os sintomas potencialmente fatais que vemos em adultos". Isso significa que as crianças não precisam de tantos cuidados? DE FORMA ALGUMA! Os cuidados precisam ser mantidos: • Lavar bem as mãos e com frequência; • Utilizar álcool gel quando não estiver em casa; • Utilizar máscara de proteção; • Colocar a roupa para lavar sempre que chegar da rua; • Tomar um banho após estar fora de casa; • Evitar o contato com pessoas idosas, pois apesar ficarem menos doentes, as crianças carregam o vírus e podem transmiti-lo a pessoas do grupo de risco. Dados: g1.globo.com

12 visualizações
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone YouTube

Orgulhosamente criado por Neurokids

© 2019 por Neurokids