Buscar
  • Juliana Umar

Evolução do paciente com Gameterapia




Foi no Canadá que o conceito de gameterapia surgiu por volta de 2006, esse conceito utiliza videogames com sensores de movimento em sessões fisioterapêuticas, ortopédicas ou neurológicas, esse recurso vem sendo utilizado por profissionais da saúde em vários lugares do Brasil e do mundo.

Geralmente o paciente é acomodado em frente aos sensores de movimento que controlam suas ações, assim suas movimentações são refletidas na tela, fazendo com que todo processo seja controlado e supervisionado pelo profissional de saúde responsável pelo tratamento.

A gameterapia possui inúmeros benefícios, sendo o principal, tornar a reabilitação dinâmica e prazerosa. Muitas vezes os pacientes sentem dores ao realizar os exercícios, neste sentido a gameterapia pode distrair o paciente e consequentemente tornar o atendimento mais leve e divertido.

Um estudo feito no Canadá reuniu 20 pacientes de acidente vascular cerebral e os separou em dois grupos de dez pessoas cada.

Em um grupo o tratamento fisioterápico foi realizado de modo tradicional e para o outro grupo, o tratamento tradicional foi aliado à gameterapia e os resultados foram impressionantes. Ao final d e 20 sessões de gameterapia, os dez pacientes demonstraram maior ganho de benefícios funcionais do que os outros 10 pacientes que foram atendidos apenas com os métodos tradicionais, demonstrando claramente a efetividade da realidade virtual aplicada na terapia.

Fonte: https://blog.miotec.com.br/gameterapia/

0 visualização
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone YouTube

Orgulhosamente criado por Neurokids

© 2019 por Neurokids