Buscar
  • Juliana Umar

Integração Sensorial

História da Integração Sensorial

A especialidade de integração sensorial (IS) foi originalmente desenvolvida por Jean Ayres PhD, OTR, que era ao mesmo tempo terapeuta ocupacional e psicóloga educacional. Jean Ayres descreve a Integração sensorial como “o processo neurológico que organiza as sensações do próprio corpo e do ambiente fazendo com que seja possível o uso do corpo efetivamente no ambiente” (Ayres, 1989).

Dr. Anna Jean Ayres nasceu em uma fazenda em Walnut Visalia, Califórnia, em 1920. Durante a infância afirmou ter sintomas similares aos da disfunção que futuramente viria a estudar. Ayres recebeu seu bacharel em terapia ocupacional em 1945, concluiu mestrado em terapia ocupacional em 1954, e PhD em psicologia educacional em 1961, todos pela University of Southern California. Após sua formação, ela começou a trabalhar no Instituto de Pesquisa do Cérebro (UCLA), aqui começaram seus estudos da disfunção de Integração Sensorial começou. Faleceu em 16 de dezembro 1989, por complicações de câncer.

O que significa Terapia Ocupacional com base em Integração Sensorial

A Integração Sensorial é um processo neurobiológico que promove a capacidade de processar, organizar, interpretar sensações e responder de maneira apropriada ao ambiente. Permite que os sentidos forneçam informações acerca das condições físicas do corpo e do ambiente e, portanto, possibilita a criança experimentar o corpo nas ações e nas atividades do dia-a-dia. Em contraste, a Disfunção de Integração Sensorial é uma desordem na qual a informação sensorial não é integrada ou organizada adequadamente no cérebro. E pode produzir vários graus de problemas no desenvolvimento, no processamento da informação, no comportamento e na aprendizagem tanto motora quanto conceitual.

Crianças autistas com problemas sensoriais apresentam dificuldade em interpretar e organizar as informações sensoriais vindas do seu próprio corpo ou do ambiente. Uma avaliação minuciosa é fundamental para determinar se um problema de processamento sensorial é um fator no desenvolvimento da criança, e em caso afirmativo, definir quais as estratégias de intervenção que mais irão ajudar esta criança e sua família.

A intervenção clássica geralmente ocorre dentro de um ambiente terapêutico especialmente concebido que permite ao terapeuta apresentar desafios sensoriais e de movimento específico para a criança, que gradualmente aumentam em complexidade ao longo do tempo. Este tipo de intervenção é caracterizado por uma atmosfera lúdica em que a criança é incentivada a gerar ideias para atividades, para responder de forma flexível a novos desafios e desenvolver a confiança, bem como a competência.

Quem pode realizar atendimento de Integração Sensorial?

Integração Sensorial é um recurso terapêutico da Terapia Ocupacional, devendo ser realizado por terapeutas ocupacionais especializados em Integração sensorial Ayres.

Onde encontrar Terapeuta Ocupacional especializado.

A Clinica Neurokids conta com profissionais especializados em Integração Sensorial, com certificação Ayres, também tem um espaço preparado com equipamentos, brinquedos e acessórios específicos para este tipo de atendimento. Agende já sua avaliação e conheça o espaço dedicado a sua família!

(41) 3128-2828 , 3619-7460 , 99984-6783


786 visualizações
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone YouTube

Orgulhosamente criado por Neurokids

© 2019 por Neurokids