Buscar
  • Juliana Umar

O uso do Laser na Fonoaudiologia

Antes de começarmos a falar sobre a Laserterapia, é importante lembrar

que se trata de um recurso e não um método de tratamento. É utilizado caso

seja verificado que este recurso será benéfico ao paciente. O laser é um tipo de

radiação eletromagnética que ao ser irradiado sobre o tecido humano traz

inúmeros benefícios.

Na área da saúde, o laser pode ser de alta ou baixa potência, o de alta

potência é de uso médico e odontológico.

O laser de baixa potência é um grande aliado nos atendimentos de

fonoaudiologia. O laser é um grande aliado em diversas áreas de atuação,

sobretudo relacionadas à motricidade orofacial, à disfagia, ronco, paralisias

faciais, potencialização do treino miofuncional em estética, auxiliando na

readequação de posturas e funções, voz e outras patologias.

Além disso, o laser é bastante utilizado para a modulação do fluxo

salivar, tanto em pacientes com xerostomia que se beneficiam da normalização

da saliva quanto em casos neurológicos nos quais o objetivo é a redução do

volume de saliva. Também contribui para a melhora da sensibilidade intraoral

em paciente com atraso na deglutição.

A terapia com laser na fonoaudiologia também auxilia em:

- DTM E CIRURGIA ORTOGNÁTICA;

-  AMAMENTAÇÃO;

- ALTERAÇÕES NO SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO;

- SISTEMA MUSCULOESQUELÉTICO

ESTÉTICA;

- DISFAGIAS;

- VOZ;

- AUDIOLOGIA;

- LINGUAGEM.

Já no treino muscular, os benefícios do uso do laser são potencializados,

acelerando o ganho de força, reduzindo a fadiga e melhorando o desempenho

dos músculos durante a execução de diversas funções, como a fala e

linguagem.


0 visualização
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone YouTube

Orgulhosamente criado por Neurokids

© 2019 por Neurokids