Buscar
  • Juliana Umar

Vestes terapêuticas



Parece estranho quando falamos que algumas roupas servem como terapia, logo pensamos em pessoas em centros comerciais, cheias de sacolas de roupas. Mas não é esse tipo de roupas ou terapia que estamos falando.

O que iremos falar hoje é sobre vestes terapêuticas, que podem melhorar a circulação, a postura, dores articulares, melhorar a saúde da pele, melhorar o desempenho durante exercícios propostos nas terapias. Além de facilitar o tratamento de pessoas com dificuldades posturais, pode auxiliar no processo terapêutico.

Para nós que trabalhamos com reabilitação neurológica, as vestes terapêuticas são grandes aliadas, associadas ou não a protocolos de tratamento intensivos. Essas vestes são órteses dinâmicas que podem contribuir para o alinhamento articular, enquanto os pacientes realizam os movimentos.

As vestes favorecem a modulação sensorial com respostas adaptativas de interação entre corpo, vestes e ambiente, mediante técnicas que permitem o desenvolvimento de habilidades cinético-ocupacionais.

As vestes terapêuticas são órteses que auxiliam as pessoas com dificuldade de estabilidade e propriocepção a melhorar desses déficits através da pressão profunda realizada por essas órteses no corpo, as vestes são projetadas para melhorar a estabilidade dinâmica e postural, isso diminui os movimentos repetitivos e melhora a postura do tronco, ou seja, organiza o paciente para a realização de algum exercício ou atividade.


As vestes terapêuticas podem trazer inúmeros benefícios, como:

-Influenciar o sistema vestibular e normalizar o tônus muscular; 

-Melhorar a consciência corporal e orientação espacial; 

-Reduzir os reflexos anormais patológicos e padrão de movimento  estereotipado; 

-Fornecer a correção dinâmica do alinhamento do corpo para o  mais próximo possível do normal em posturas estáticas e  transições dinâmicas; 

- Fornecer o apoio externo / estabilização para os músculos fracos  ou grupos musculares; 

- Reduzir os padrões de movimentos compensatórios para diminuir o  consumo de energia durante as transferências e locomoção; 

- Re-treinar o sistema nervoso central; 

- Melhorar o equilíbrio e coordenação motora; 

- Acelerar os padrões de movimentos e novas habilidades de  aprendizagem e desenvolvimento funcional; 

- Diminuir os movimentos involuntários e descontrolados na ataxia e  atetose; 

- Melhorar a fluência da produção da fala e das vias respiratórias. 

- Aumentar a densidade mineral óssea;

- Melhorar a força muscular;

- Melhorar propriocepção, equilíbrio;

- Trabalhar a coordenação motora;

- Aumento da consciência corporal;

- Modulação de tônus postural anormal; - alinhamento corporal;

- Reequilíbrio biomecânico com o intuito de proporcionar melhor qualidade de vida;

- Maior variedade de movimentos seletivos e o desenvolvimento das atividades funcionais; 

- Facilitação sensória motora, entre outras dependendo de cada paciente.

Existem inúmeras vestes terapêuticas e cada uma delas com sua especificidade. É preciso ver qual a melhor se adequa ao paciente e ao seu tratamento, é importante sempre seguir as orientações dos terapeutas.

384 visualizações
  • Black Facebook Icon
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone YouTube

Orgulhosamente criado por Neurokids

© 2019 por Neurokids